Alguma medicação utilizada durante a coleta de células-tronco poderia aumentar o risco de infecção pelo novo coronavírus?

Não. Na coleta por aférese, o uso da medicação Filgrastim pode causar sintomas como dor de cabeça, dor muscular ou óssea, fadiga e, em alguns casos, febre baixa ou tosse seca, mas não está associado à falta de ar. Além disso, durante o uso desta medicação, o doador estará sendo acompanhado pela equipe médica do centro de transplante que poderá avaliá-lo em caso de qualquer alteração do seu quadro clínico.


Category: Perguntas sobre a COVID-19 e o REDOME

← Alguma medicação utilizada durante a coleta de células-tronco poderia aumentar o risco de infecção pelo novo coronavírus?

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.