Caso o filho (a) da gestante que doou seu SCUP necessitar de um transplante de células-tronco, ele (a) terá prioridade?

Não. Entenda que a doação, por todos os fatores que mencionamos, não significa que o material foi criopreservado, pois terá que atender critérios de qualidade estipulados pela lei. Uma vez que o SCUP esteja criopreservado e disponível para uso, caso não tenha sido utilizado por outro paciente, o mesmo será selecionado para o doador.


Category: Perguntas e Respostas Cordão

← Caso o filho (a) da gestante que doou seu SCUP necessitar de um transplante de células-tronco, ele (a) terá prioridade?

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.