Então, o SCUP coletado e congelado já está pronto para transplante?

Não, a legislação vigente prevê que, para uma unidade ser liberada para transplante, se deve repetir os exames sorológicos da mãe, em um período de dois a seis meses, após o parto. Isso é muito importante, pois sem esse novo exame todo o trabalho terá sido em vão, e a unidade não poderá ser utilizada.


Category: Perguntas e Respostas Cordão

← Então, o SCUP coletado e congelado já está pronto para transplante?

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.