Quanto tempo depois do diagnóstico de COVID-19, um doador poderá realizar a doação de células-tronco hematopoéticas?

Conforme recomendação do Ministério da Saúde (Nota Técnica Nº 13/2020-CGSH/DAET/SAES/MS), o doador ficará afastado do processo de doação por, pelo menos, 30 dias após recuperação completa dos sintomas.


Category: Perguntas sobre a COVID-19 e o REDOME

← Quanto tempo depois do diagnóstico de COVID-19, um doador poderá realizar a doação de células-tronco hematopoéticas?

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.