SINDROMES PROVOCADAS PELA DEFICIÊNCIA MEDULAR (síndromes mielodisplásticas)

Sintomas: Os sintomas mais frequentes são os secundários à anemia como dor de cabeça, tontura, náusea, respiração irregular, manchas na pele, fadiga, palidez anormal. Podem apresentar ainda sangramento nasal e febre.
São decorrentes dos erros na produção de células diferenciadas (glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas). É comum que o paciente apresente hemorragias e infecções e precise de reposição de ferro e vitaminas do complexo B, além da necessidade de transfusão de sangue. Ocorre mais comumente em adultos com mais de 70 anos e alguns casos evoluem para leucemia. O tratamento varia de acordo com o subtipo da doença e a condição do paciente. Nos casos mais graves, o tratamento mais indicado é o transplante de medula óssea.


Category: Principais doenças que podem ser tratadas com o Transplante de Medula Óssea

← SINDROMES PROVOCADAS PELA DEFICIÊNCIA MEDULAR (síndromes mielodisplásticas)

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.