Transplante Autólogo (as células provêm do próprio indivíduo transplantado):

1. Transplante Autólogo de medula óssea e sangue periférico:
– Leucemia mielóide aguda;
– Linfoma não Hodgkin;
– Doença de Hodgkin quimiossensível;
– Mieloma múltiplo;
– Tumor de célula germinativa;
– Neuroblastoma.


Category: Lista de indicações de transplante de medula da Portaria nº 2.600, de 21 de outubro de 2009, do Ministério da Saúde:

← Transplante Autólogo (as células provêm do próprio indivíduo transplantado):

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber periodicamente novidades sobre o REDOME.