Com mais de 3.700 milhões de doadores cadastrados, o REDOME é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo. O REDOME reúne todos os dados dos voluntários à doação para pacientes que não possuem um doador na família. A chance de se identificar um doador compatível, no Brasil, na fase preliminar da busca é de até 88%, e ao final do processo, 64% dos pacientes têm um doador compatível confirmado.

O transplante de medula óssea é um tipo de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como as leucemias e os linfomas. Consiste na substituição de uma medula óssea doente, ou deficitária, por células normais da medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula saudável.

Material rico em células-tronco hematopoéticas, que são aquelas capazes de produzir os elementos fundamentais do sangue, essenciais para o transplante de medula óssea. A doação do cordão umbilical do recém-nascido para um Banco Público de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário é voluntária e autorizada pela mãe do bebê.

A Rede BrasilCord, conta com 13 Bancos Públicos de Sangue de Cordão, e tem o objetivo de diversificar o material genético disponível para transplantes de medula óssea e facilitar a localização de doadores compatíveis em todo o território nacional.

Saiba mais Aqui.

 

Notícias

Marcos-D1

Marcus D´ Almeida apoia WMDD na condução da tocha olímpica em SP

Proposta do REDOME é realizar campanhas de conscientização durante o período olímpico e paralímpico para atualizar o maior número possível de cadastros de doadores.

thumbhome

Programa de TV mostra o primeiro encontro internacional do REDOME

A história de um doador brasileiro que fez a doação para uma paciente argentina foi contada em matéria do Encontro com Fátima Bernardes. Nairo Sanches conheceu Dulce Aguilar, paciente com a mesma idade de sua filha.

  • -